26 de julio de 2015

(Review 10) - Os Príncipes Encantados de Libby Manson

Título Original: Mr. Maybe
Autor: Jane Green
Editora: Broadway Books
Páginas: 368 Páginas
Publicação: Junio de 2002
Goodreads
My English Review about this Book: Clique Aqui para Ler

SINOPSE:

Aos 27 anos, Libby sonha com um marido rico. Enquanto seu Príncipe Encantado não chega, ela se diverte com Nick, um escritor talentoso, divertido e bom de cama, mas que não tem um tostão. Quando Ed, um milionário, surge em sua vida, ela acaba se vendo diante de um terrível dilema - escolher entre o sensual Nick e o ricaço chato de bigode esquisito. Ela acaba fazendo a sua escolha. Resta apenas torcer para que tenha sido a escolha certa. 




RESENHA:


Dei muita risada com este livro, ele é super engraçado. A história já é de uma moça crescidinha, não é mais nenhuma teen não, e cheia, mas cheia de personalidade. Engraçadíssimos também são os seus amigos Jules e Jamie, gostei também da Sal e do Olly. 
A Libby é uma mulher independente e moderninha, aquela que diz a si mesma: faço o que quero, durmo com quem quero e não devo satisfação a ninguém. Mas no fundo ela é insegura e romântica como quase a totalidade de nós mulheres. Ela assume esta posição de durona, mas no fundo confessa que ainda espera o cara ligar no dia seguinte e chora quando isso não acontece, como qualquer mortal faria.
Numa destas andanças de solteira, ela conhece o Nick, fofo, gatérrimo, solteiro e com aversão a compromisso, e aiii, começa a história. Quando as coisas começam a ficar sérias, Nick dá uma espécie de fora na nossa querida Libby e ela fica arrasada. Então aparece o chato do Ed, um milionário que só tem dinheiro de bom, no resto ele é uma verdadeira negação. Tem horas no livro que me dá até peninha do Ed gente. Juro. Deve ser triste ter tanto e não encontrar com quem dividir, amigos pra compartilhar, por isso que sábio foi aquele que disse: quem tem um amigo tem um tesouro não é mesmo?
Voltando a história, com a ajuda dos amigos Libby tem que decidir se aceita uma vida de luxo e glamour que sempre sonhou ao lado de um homem medonhooo e que não tem nada, nadinha a ver com ela, ou segue levando sua solteirisse e jogando para trás o seu sonho de casamento mais uma vez.
É legal a gente acompanhar a evolução da Libby, as suas mudanças, a personagem ama e odeia com uma rapidez impressionante (exatamente como a maioria de nós as vezes acaba fazendo né?), a gente fica com o coração apertadinho quando Nick dá o fora nela, dá uma raivinha , porque realmente a gente simpatiza com o casalzinho, eles parecem tão perfeitos, tão metades da laranja.
A única coisa que não gostei form os excessos de palavrão no livro. Eu não acho errado, não estou julgando nem nada. Sei que tem gente que usa normalmente como hábito mesmo falar palavrão. Mas eu não gosto, nem numa ficção, na literatura,. Se estiver dentro do contexto da história, da frase, tudo bem, ai não tem problema, porque qualquer um de nós as vezes solta uma palavrinha mais feia na hora da raiva, enfim. Mas gratuitamente, fora do contexto, o palavrão ali, muitas vezes nem combinando com a frase, ai acho exagero, fica feio. Mas é a minha opinião. E não deve ser levado em conta pra deixar de ler este livro não viu ? Porque a história é realmente ótima, a gente lê e nem sente o tempo passar, é aquela leitura que você pega, começa e não quer largar e recomendo à todos. Divertidíssimo, garantia de boas risadas e muita reflexão, porque ao final, nos passa uma mensagem muito verdadeira e importante, que a gente deve lembrar, acreditar e saber sempre.

PONTUAÇÃO: 

Um Beijo à todos. Nos lemos!!!

No hay comentarios.:

Publicar un comentario