9 de agosto de 2016

(Review 86) - O histórico infame de Frankie Landau-Banks

18395368The Disreputable History of Frankie Landau-Banks
E. Lockhart

Disney Hyperion / Seguinte
Autoconclusivo
345 Páginas
 Romance / Juvenil 
Para leer en Español, haz click AQUI

Aos catorze anos, Frankie Landau-Banks era uma garota comum., um pouco nerd, que frequentava a Alabaster, uma escola tradicional e altamente competitiva. Mas tudo muda durante as férias. Na volta às aulas para o segundo ano, o corpo de Frankie havia se desenvolvido e ela havia adquirido muito mais atitude. Logo ela chama a atenção de Matthew Livingston, o cara mais popular do colégio, que se torna o seu novo namorado e a apresenta ao seu círculo de amigos do último ano. Então, Frankie descobre que Matthew faz parte de uma misteriosa sociedade secreta - a Leal Ordem dos Bassês - que organiza traquinagens pela escola e não permite que garotas se juntem ao grupo. Mas Frankie não aceitará um "não" como resposta. Esperta, inteligente e calculista, ela dará um jeito de manipular a Ordem e levantará questionamentos sobre gênero e poder, indivíduos e instituições. E ainda tentará descobrir se é possível se apaixonar sem perder a si mesma. 

Buscava esse livro há muito tempo, acho que mais de anos, e não foi nada fácil encontrá-lo. Por fim, consegui e quando comecei a leitura tinha bastante expectativas já que li resenhas bastante positivas há tempos atrás.
A verdade é que sim, resulta ser uma novela bastante interessante, prende o leitor e é bem diferente do que eu esperava. Muito mais do que um romance juvenil, O Histórico infame de Frankie Landau-Banks nos apresenta questões mais profundas, conflitos sociais e morais que poderiam ocorrer em qualquer lugar.

22907596Frankie é um personagem que não passa despercebido e me deixou com sentimentos contraditórios. Houveram momentos em que era impossível não amar o personagem, porém, em outros, parecia difícil não me cansar. Frankie é uma garota cheia de energia, inteligente, com uma personalidade de líder, formadora de opinião e muito decidida. Apesar de todos esses atributos positivos, ela também tem um lado ruim. Frankie em muitos momentos me pareceu manipuladora, obsessiva (sério mesmo, na metade do livro ela faz coisas de gente psicótica) e como se fosse pouco, Frankie é daquelas pessoas que não se conforma com o que tem (isso poderia ser considerado uma qualidade ou um defeito, dependendo do nível. No caso de Frankie é um baita defeito já que o nível dela de inconformismo é altíssimo).

Frankie Landau-Banks é uma garota que, até o segundo ano da secundária havia sido praticamente invisível socialmente, estando sempre à sombra da sua irmã maior. Depois das férias, Frankie sofre uma mudança significativa em seu corpo, agora visivelmente mais cheio de curvas e feminino, e, ao seu regresso ao colégio, começa a chamar a atenção dos garotos. Um deles é Matthew Livingston, um dos garotos mais populares e paixão secreta de Frankie desde sempre.
Matthew é um menino adorável. Eu gostei muito do personagem. Ele é muito leal com os seus, coerente, centrado (apesar de que a sua excessiva mania de perfeição às vezes me fazia perder a paciência). Matthew é membro de uma sociedade secreta - a Ordem dos Basset e Frankie, sempre muito astuta, logo descobre o segredo do novo namorado.


"Os segredos são mais poderosos quando as pessoas pensam que sabem dele - disse o Sr. Sutton - Conte à eles um pedaço do seu segredo, mas tenha cuidado em manter o resto apenas para você."

Inteligente e cheia de ambições, Frankie começa um perigoso jogo aonde manipula os garotos da sociedade secreta. Com a cabeça cheia de idéias e se sentindo passada para trás pelo namorado, Frankie começa a fazer 1001 coisas pela universidade em nome da tal sociedade secreta e, obviamente, sem a permissão deles. Suas travessuras sempre tem um cunho social, que fazem as pessoas refletirem. E, uma vez que Frankie experimenta esse poder de manipular e influenciar a opinião alheia, ela vai ficando mais e mais ambiciosa. E neste jogo, Frankie está pronta para ir até as ultimas consequências, mesmo que isso signifique perder tudo que conquistou até então.

Como disse, foi uma novela que gostei muito apesar de ser bem diferente do que eu imaginava que fosse. A narrativa pode ser um pouco cansativa à princípio, pois a autora é bem descritiva mesmo. Ainda assim, a leitura prende já que cada capítulo nos apresenta uma Frankie mais e mais envolvida em uma situação que sabemos desde o princípio que será muito difícil não acabar mal para ela. Acredito que a curiosidade por conhecer o desfecho de Frankie acaba mantendo o leitor preso na leitura.


Em suma, O Histórico infame Frankie Landau-Banks não se trata apenas de uma história de amor, mas também de uma reflexão sobre nossos próprios valores sociais. Frankie é uma menina inteligente, que não pode ingressar em uma sociedade secreta pelo simples fato de ser uma garota, apesar de ser mais esperta e criativa que a grande maioria dos membros. Porém, Frankie não aceitou esta condição de inferioridade e submissão. E a pergunta que nos propõe a autora nesta novela foi exatamente esta: Estamos dispostos a ir contra a maioria para fazer valer nossa opinião? Até que ponto nossas atitudes são aceitáveis ainda que seja em prol da igualdade?
Frankie Landau-Banks nos convida a refletir sobre tudo isso através de suas atitudes, valores e crenças.
Uma novela que os recomendo, pois nos apresenta coisas diferentes e foge dos clichês típicos em livros juvenis.



Emily Jenkins (Emily Lockhart o E. Lockhart) (1967, Nova York, Nova York) 
Pai: Len Jenkin 
Educação: Universidade de Columbia, Vassar College, Lakeside School. 

É a autora de uma série de novelas para adolescentes. Lockhart conta que teve nove namorados oficiais, contando com o garoto que a convidou para ir ao baile com ele na sétima série e depois disso nunca mais voltou a falar com ela, praticamente. Ela nunca esteve em um time para praticar qualquer esporte, porém conseguiu dispensa das aulas de educação fisica para unir-se as aulas de ballet. Ela tem uma tatuagem, corta seu própio cabelo, e ten usado o mesmo perfume desde a época da escola (flores de Kiehl). Em seu escritório há duas bonecas: Betty e Veronica, uma foto de um cachorro, um cartão oficial de "Sherlock Holmes,  detetive e consultor', e el vestido estilo da década de 1920 que usou no seu baile de graduação.

Web Page Oficial: http://www.emilylockhart.com/


Twitter: E. Lockhart


19 comentarios:

  1. Olá, Alice.
    Esse livro foge bastante do que eu imaginava pela capa, o que é excelente. Gosto dos livros que surpreendem e fogem de alguns clichês.
    Ótima dica. Darei uma chance.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de agosto. Serão dois vencedores e um deles levará um vale compras!

    ResponderEliminar
  2. Oi
    eu pensava que era só um romance mesmo, legal que ela mostra algo mais em sua história, já vi ele em muitas promoções só que nunca comprei, quem sabe um dia eu leia, que bom que curtiu a leitura.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Olá, Alice.
    Eu comecei a ler esse livro pensando que era completamente diferente. Gostei bastante do que encontrei e fiquei fã da autora. Já li um outro livro dela e gostei bastante também.

    Blog Prefácio

    ResponderEliminar
  4. Oiii Alice! Amei sua resenha, não sou muito de ler romances juvenis mas esse parece ser bem legal! É muito bom quando a autora levanta questões no livro mostrando a coragem do personagem em resolver questões que nem sempre estamos dispostos a fazer o mesmo. Amei!

    *Beijokas -Hellen Barros.

    ResponderEliminar
  5. Oi Alice!

    Não conheço a autora, mas tinha uma sensação diferente em relação ao livro, parece ser bem melhor do que eu imaginava! Parece ser muito bom!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderEliminar
  6. Oi Alice! Eu li este livro faz um tempinho, mas gostei bastante da história. Li da autora um outro que gostei mais ainda, Mentirosos, se encontrar não deixe de conferir.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderEliminar
  7. Não conhecia esse livro, mas parece realmente ser bom sobre o tema que ele aborda. Deve ser interessante de ler.

    http://www.agindodiferente.com/

    ResponderEliminar
  8. Olá Alice, como você está?

    Não sei se leria o livro, pois tentei ler Mentirosos da mesma autora e a leitura não me prendeu, infelizmente. Gostei de saber que o livro fala de sociedades secretas, e que tem uma mocinha que não aceita as regras impostas haha,já me identifiquei.

    Amei a resenha. Beijo grande,
    https://queremosmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  9. Ainda não conhecia esse livro e não sei se simpatizaria muito com a personagem, mas achei interessante a história, principalmente pela parte de sociedades secretas. Ótima resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  10. Oi Alice,
    Dessa autora eu li Mentirosos e gostei bastante. Inclusive uma amiga disse que O Histórico Infame de Frankie Landau-Banks é melhor ainda.
    Acho muito interessante quando o autor consegue inserir na obra questões sobre valores sociais.
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Oie,
    não conhecia o livro e acho que nem a autora.
    parece ser interessante.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderEliminar
  12. Oi, eu nunca ouvi falar do livro mas gostei da premissa, mostrar nos certos valores de igualdade é importante e autora traz isso no livro. Mas eu tenho quase certeza que detestaria a personagem principal, ás vezes bato o olho e já sinto rsrs mas eu vou procurar ler, se tiver em português claro.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderEliminar
  13. Não conhecia este livro, mas adorei a sinopse e sua resenha.
    Quando eu tiver a oportunidade irei le-lo!

    www.donadegato.com
    Beijos!

    ResponderEliminar
  14. Olá!

    O livro me prendeu bastante e gostei da personagem inovadora criada pela autora. Em alguns momentos, ela passou um pouquinho do considerado normal, mas achei o final incrível, para mim Frankie é um gênio, só não decidi se do bem ou do mau.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  15. Oi Alice,
    Não conhecia o livro, mas achei a premissa interessante, apesar de ser meio descritivo no começo.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderEliminar
  16. Oie Alice =)

    Li esse livro em um único dia, acredita? A escrita da autora me envolveu tal forma que eu não conseguia largar o livro. Um dos melhores do estilo que já li com toda certeza.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderEliminar
  17. Parece um livro bem legal. Gostei da resenha, seguindo o blog, beijos

    literalizza.blogspot.com

    ResponderEliminar
  18. Nunca tinha lido a respeito deste livro, mas fiquei bem interessada, principalmente pelo fato de ter AMADO "Mentirosos" que é da mesma autora, então tenho muita curiosidade em ler mais obras dela.
    Adorei a resenha!
    Beijinhos,
    Alice
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderEliminar
  19. Oi Alice, eu já tinha ouvido falar desse livro ,porém nunca tinha lido uma resenha dele...acho que por não ter gostado da capa ele não me chamou muito a atenção. Mas gostei de sua resenha e fiquei bastante interessada em ler esse livro mesmo não gostando muito de personagens muito adolescentes.
    http://no-universo-dos-livros.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar